sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Para: meu amigo





Sabe, a Solidão tem sido minha única companhia esses dias. Ela não é a melhor companheira do mundo, afinal eu a odeio as vezes. Quando eu menos preciso ela está ali, me atormentando. Mas a culpa não é minha dela ter aparecido e nem é dela. A culpa é sua! Foi você quem me deixou sozinho. Foi você quem foi embora e me deixou completamente nu nesse mundo. Nós tinhamos o mundo pra gente! Eramos só nós dois e eramos um - você adivinhando meus passos e eu lendo seus pensamentos. Nossa amizade era tão forte que agora qualquer uma é insuficiente. Eu posso tentar fazer novos amigos por ai, mas eu sempre vou ter raiva deles; eu posso sair pra dar risadas, mas nenhuma vai ser mais engraçada do que a nossa; eu posso falar no telefone, mas nenhuma conversa vai ser mais divertida do que quando a gente passava horas estudando e fofocando ou as vezes sem falar nada; os dias podem passar, mas nenhum dia vai ser mais importante do que nosso 16 de Setembro; as frutas podem estar no ponto, mas nenhuma vai estar mais doce do que as do nosso dia da goiaba. Parece até que eu estou anestesiado porque não consigo mais sentir grandes emoções, não confio mais em ninguém, nada mais me interessa tanto.
Nada.
Ninguém.
Tudo é inferior a nós.
Eu sei que tudo isso parece meio saudosista, mas é que eu tenho outra companheira, a Esperança, que não só me fez escrever este texto como me fez perceber que por mais que sua cor predileta, sua comida favorita, seu quarto, seu endereço, sua cara tenham mudado, meu sentimento por você não mudou e, por isso, eu te espero. Te espero não para a reprise do passado feliz, mas para a nossa salvação. Te espero porque a gente só não espera por aquilo que está morto.
Então, diante de tanta solidão esperançosa, eu só te peço:
Volte pra mim?




















3 comentários:

Alê disse...

o tempo é nosso pior inimigo mas o verdadeiro sentimento supera qq mal.
te amo
ale

lehanders disse...

Simplemente meu melhor amigo sempre,sempre!
E estou de volta...vai até "enjoar" de mim...ehehe...

Jô Cardia... disse...

o texto inteiro foi lindo...mas adorei a parte das goiabas!! hehehe...

muito bom...
saudades de ti e de todos...